Por que as mulheres grávidas não devem estar nervoso


Todo mundo sabe que o estresse experiência, fortes emoções negativas durante a gravidez, é extremamente prejudicial para a saúde da gestante e seu feto. Depressão, ansiedade tem um impacto negativo sobre o desenvolvimento da saúde e desenvolvimento da criança durante a gravidez e nos primeiros anos de sua vida. Apesar da popularidade desta declaração, muitas mulheres grávidas continuam a liderar uma maneira muito desequilibrada de vida, cheio de stress, a pressa, a atividade excessiva. Além disso, muitas mães estão cientes deste fator, mas não sei por que as mulheres grávidas não podem estar nervoso. Uma vez que a resposta a esta questão não se coloca de uma vez.

Hormonal surtos.

Claro, se a gravidez desejada, a gestante não pode esconder sua excitação e prazer, excitação dela ao pensar que ele irá em breve dar uma nova vida ser humano pequeno, nativo. Em si mesmo, o estado de gravidez — é bastante emocional e tenso, nervoso período. Sabemos que neste período de surtos hormonal em mulheres afetar muito seu humor e atitude. No entanto, apesar da natureza do nervosismo natural das mulheres neste período, os médicos recomendam fortemente uma vez: com o início da gravidez, é impossível sentir emoções fortes (positivos e negativos) que causam estresse para o sistema nervoso do sexo feminino.

Neste caso, é evidente que as mulheres grávidas não pode ficar nervoso ocasionalmente. Em seguida, você deve tentar reduzir suas explosões emocionais ao mínimo. O fato é que, enquanto a futura mãe começa a experimentar fortes emoções negativas, como raiva, irritação, medo, e assim por diante. N., o equilíbrio hormonal do corpo dela também está mudando. Por conseguinte, o aumento do nível de determinadas hormonas no sangue da mãe e seu feto passado, o corpo é a mesma hormona exceda a norma. O fato de que a criança tem rede venosa ainda não recorrentes, como conseqüência, hormônios mãe acumular no líquido amniótico, que é regularmente ingere criança, e, em seguida, extrai, a partir do organismo. Acontece uma espécie de circulação e acumulação de hormônios no líquido amniótico da mãe e, portanto, o corpo de seu filho. O resultado desta situação, há maior probabilidade de risco de uma criança de desenvolver doença cardiovascular.

Noites sem dormir depois do nascimento de migalhas.

De acordo com pesquisadores canadenses, uma criança nascida de uma mãe em um estado de irritação e depressão durante a gravidez, muitas vezes sofrem de asma nos primeiros anos de sua vida. À medida que os resultados do estudo, o risco de asma aumentou em crianças cujas mães estavam deprimidas durante a gravidez e nos primeiros anos de vida do bebê. Além disso, cientistas britânicos estabeleceram uma ligação entre a ansiedade durante a gravidez insônia e seu bebê nos primeiros meses de sua vida. Uma criança que não consegue dormir, irritabilidade, choro constante, causando ainda mais preocupado, irritado, e seus pais. Portanto, se os pais quiserem dormir mais ou menos discretamente nos primeiros meses de vida e no desenvolvimento de seu bebê, você precisa cuidar de inicialmente acalmar o feto no útero.

Razão para o aborto.

A ansiedade excessiva pode se tornar ainda causar aborto. Isso pode acontecer por 3-4 meses de gravidez. Além disso, o mesmo risco de ter uma mãe inquieta rolando sobre uma criança com um sistema nervoso desequilibrada, o que é acompanhado por alterações frequentes do humor, da ansiedade sem causa, medo e choro excessivo. Estas crianças são emocionalmente sensível, fácil de ofender alguma palavra descuidada, eles são propensos ao exagero e dramatização dos problemas da vida, brigas mesquinhas. Crianças que receberam uma porção de «nervosismo» no útero, muitas vezes, podem sofrer tonturas, ritmo de sono e vigília. Além disso, eles são muito sensíveis a cheiros diferentes, o espaço aéreo, ruído e luz brilhante.

Vale a pena lembrar que, na segunda metade da gravidez, o bebê já tem um sistema nervoso bem desenvolvida. Por isso, ele se sente mudanças de humor de sua mãe e também fica nervoso quando ela está no alarme psico-emocional estado. As mulheres grávidas não pode estar sempre com um humor nervoso Após o líquido amniótico se torna substância vysokogormonalnoy na qual o bebê. Assim, falta-lhe ar a partir do estreitamento dos vasos sanguíneos, o que leva à doença de um filho chamado «hipoxia», um desenvolvimento que seja, atrasados ​​e até mesmo o desenvolvimento anormal do embrião e reduzir capacidades adaptativas do recém-nascido ao meio ambiente.

Com base no exposto, as gestantes devem tirar conclusões e cuidar de sua calma e emoções positivas. Assim, cuidados de saúde e pleno desenvolvimento de seu bebê há muito aguardado. É melhor sonho e espero por tudo de bom que constantemente pensando sobre o que não pode ser nervoso. Tente pensar melhor sobre o que você pode.