Wedding após as relações de curto prazo — se ele vai trazer felicidade?

Eles dizem que o casamento — é uma decisão que não deve ser tomada às pressas. Mas como você sabe que o casamento trará a felicidade? Quanto tempo é preciso para estar juntos para dizer com confiança: o casamento trará a felicidade, não a dor e decepção. Muitas vezes, depois de um relacionamento que evoluiu mal, as pessoas não acreditam que os parceiros esperam por um longo tempo, e às vezes leva a uma ruptura. Mas outros, pelo contrário, com pressa e muito decepcionado. Como você faz e quanto tempo temos de compreender a pessoa. Algumas mulheres me pergunto: depois relação de casamento de curto prazo — se ele vai trazer felicidade?


Para responder à pergunta, o casamento depois que as relações de curto prazo — quer se trate traz felicidade, você precisa saber um monte de detalhes que afetam o relacionamento.

Para começar, é necessário determinar quantos anos as pessoas que decidiram se casar depois de um relacionamento curto. Se esta é jovens e, mais especificamente, aos jovens, é provável que tal casamento não traz felicidade. O problema é que, na tenra idade, talvez, todos nós estamos vendo hyperbolizing e rosa. Nós pensamos que o primeiro amor só trará alegria, e não haverá nada de errado com isso. Mas, na verdade, uma conseqüência de tais relações são corações quebrados e ódio um pelo outro. Em sua juventude, o casamento parece algo mágico e fabuloso. Depois de um evento como esse deve ser a felicidade absoluta e compreensão. Claro, toda garota sonha com a felicidade e alegria. Mas em 1617 anos, ela não entende que o casamento — é uma grande responsabilidade, compromisso e vida constante. Querendo entrar na história, uma jovem cai em uma rotina. É claro, é decepcionante. Depois de um longo tempo, muitos casamentos não acredito em felicidade e que evita o casamento. Este é o negativo de casamentos em uma idade jovem depois de um relacionamento de curto prazo. Claro, há exceções. Ocasionalmente há muito sábio além de seus anos e compreender a vida de um casal. Eles se amam não é uma criança e um adulto, consciente da responsabilidade que incorrem. Esses caras, mesmo após relacionamentos de curto prazo. conhecer uns aos outros e pode lidar com rotina e irritação que muitas vezes ocorrem no primeiro ano de vida conjugal.

Na idade de vinte a trinta anos, as pessoas têm sido em nenhuma pressa para se casar. O fato é que, embora as meninas e continuar a sonhar, eles não ver tudo em rosa. Eles aprendem a contar dinheiro e entender que o casamento — é caro, que pode pagar apenas uma vez na vida. Portanto, a juventude há muito tempo viveu em um casamento civil, estudando um ao outro e economiza dinheiro para o casamento. Perguntas sobre as relações de curto prazo e casamento nessa idade quase não ocorre. Os jovens se sentir estúpido esse risco e não querem investir em algo que poderia rapidamente em colapso.

Mas, depois da relação de casamento que dura um pouco mais, ainda ocorrem. E isso está acontecendo entre as pessoas, em vez de idade avançada. Por que eles fizeram isso, e isso faz-los a superar o medo de que tem sido em vinte anos? Na verdade, muitas vezes, essas pessoas se casar não é a primeira vez. Eles têm relações amarga experiência e aprender a reconhecer a falsidade de um olhar. Se, como muito jovem, vemos apenas o bem, e, em seguida, começar a tratar de tudo com ceticismo, já aparece após trinta sabedoria prática. Nessa idade, a mulher imediatamente percebeu como seu homem sincero. Além disso, as prioridades mudam. Aparência e estilo desaparece no fundo. São qualidades importantes, como confiabilidade, perseverança, confiança. Depois de trinta pessoas que poderiam conseguir algo, nós já o fizeram. Portanto, as mulheres não precisa adivinhar o quão promissor esta ou aquela pessoa. Todas as suas perspectivas expressas em renda, emprego e estilo de vida. As senhoras ver imediatamente se o contato com tal pessoa, ou ele vai ser sempre um artista livre, o que mais precisam de ganhar a vida e alimentar não só a si mesmo, mas também a sua.

Quando trinta pessoas idade passa, eles não precisarão ação fabuloso. Em vez disso, eles têm tomado lugar em suas vidas, mas a felicidade não trouxe. Portanto, um carimbo no passaporte para estas pessoas — um fato que prova o seu amor e carinho um pelo outro, e nada mais.

Pessoas nesta idade se casar e mais rapidamente por várias razões. Por exemplo, os jovens sempre verificar os seus sentimentos e pensamentos, e se é o verdadeiro amor, ou vale mais a pesquisa? Aqueles que são mais de trinta anos, não está à procura de amor. Eles precisam de apoio e compreensão. Em tais pares raramente visto jorrando paixão e emoção. Por outro lado, maridos e esposas tratar uns aos outros bastante calmo, mas ansioso e respeitosa. Isto não é surpreendente, porque a experiência faz com que seja possível evitar muitos conflitos, encontrar compromissos e escândalos com ou sem justa causa. Portanto, para conhecer e compreender que, em princípio, eles são adequados para o outro, essas pessoas não puxe com o registro de casamento. Às vezes, eles organizam celebrações, e às vezes — apenas pintado e começar a viver juntos. Neste caso, o fato importante não é mais um vestido branco e populares festivais. Tais casamentos estão entre os mais fortes, porque as pessoas não estão empurrando uns aos outros demanda crescente. Eles realmente aprecio a oportunidade e fazê-lo quase imediatamente depois de se conhecerem. Tais casamentos, mesmo depois de relações muito não duráveis ​​antes do casamento traz felicidade.

No entanto, existe uma categoria de pessoas. Basicamente, esta é uma mulher que por um longo tempo não pode se casar e muito pressa para legalizar a relação com cada um. Estes, também, não vai esperar muito tempo, e sempre que possível, puxe noiva do registrador. Mas tais casamentos nem sempre são felizes. O fato de que as mulheres muitas vezes aparecer casamos, não realmente ler o que ele representa. Como resultado, essas mulheres ficam casamento infeliz com pouco confiável, beber ou andando caras. Isso é o que as mulheres devem aconselhar em qualquer caso, não se apresse para se casar, porque em vez de felicidade só pode ser lágrimas e dor.