A amargura na boca durante a gravidez


Amargura na boca sentir um monte de gente. Muitas vezes acontece durante a gravidez em uma mulher. A amargura na boca — é gosto amargo desagradável, às vezes gosto ácido. Tal desconforto, muitas vezes associado com arrotos e queimação na garganta, muitas mulheres grávidas experiência principalmente na segunda metade da gravidez. Claro que, se havia um sentimento de amargura na boca durante a gravidez, é aconselhável consultar um especialista gastroenterologista. Mas na maioria dos casos — é uma consequência resultante de processos fisiológicos naturais no corpo de uma mulher grávida.

Estes sentimentos desagradáveis ​​de amargura nas gestantes boca pode enfrentar devido a muitos fatores. A maioria das principais causas de amargura na boca são as mudanças no organismo como o hormonal e fisiológico. A hormona progesterona durante a gravidez, tem um efeito relaxante sobre os músculos do útero também afecta a válvula que separa o estômago do esófago. Pelo que o esófago entra no estômago ácido. É por esta razão muitas vezes ocorre em gosto amargo na boca grávida.

Além disso, a progesterona, que em grandes quantidades é grávida, para retardar a digestão, uma vez que essa redução diminui hormona como esófago e no intestino.

Muitas vezes tal desconforto mulheres experiência em uma posição interessante no terceiro trimestre de gravidez. Na maioria dos casos, a causa da amargura é o crescimento do feto. Altura garoto simplesmente domina a cavidade abdominal ea amargura na boca geralmente continua a perturbar grávida até o nascimento. Também causar um sabor amargo na boca pode ser uma variedade de doenças associadas com o tracto digestivo.

Como se livrar da amargura grávida sentindo na boca

A partir do sentimento de amargura durante a gravidez é quase impossível de se livrar de completamente. Mas é interessante notar que há muitas maneiras em que uma mulher pode diminuir os efeitos desta doença. Em primeiro lugar, as mulheres grávidas são recomendados para recusar o uso de certos alimentos e bebidas que contribuem para reduzir o tom do esfíncter esofágico inferior. Este alimentos gordurosos e fritos, alimentos ácidos e picantes, chocolate, café, caldo rico, alguns refrigerantes. Além disso, a gestante deve comer corretamente — comer pequenas refeições com freqüência, mastigando bem os alimentos. Também a tomar entre as refeições, tanto quanto possível do líquido, se não houver contra-indicações. Imediatamente após uma refeição não é recomendado para ir para a cama — é melhor andar no ar fresco, ou fazer o que nenhum tarefas domésticas.

Além disso, após as refeições pode fazer uso de goma de mascar. No processo de mastigação se uma quantidade relativamente grande de saliva, o que ajuda a eliminar o amargor.

Durante a gravidez, para reduzir a amargura na boca, os especialistas recomendam a dormir em uma posição tal que a parte superior do corpo foi aumentado. Isto ajuda a reduzir a penetração de ácido gástrico para o esófago. Além disso, não é recomendado para mulheres grávidas a usar roupas apertadas — que comprime o estômago. Durante a gravidez, infelizmente, algumas gestantes fumar. Isto não só afeta o desenvolvimento do bebê, mas também aumenta o amargor na boca de uma mulher. Durante a gravidez deve evitar situações estressantes. Eles também podem causar desconforto na boca.

Há também uma série de maneiras, e medicina tradicional para ajudar as mulheres durante a gravidez, quando este problema. Mas não é recomendado de forma independente, sem consulta com um especialista, para usar métodos tradicionais grávida. O facto de que entre estes métodos pode ser tal forma que não podem ser utilizados de modo a não prejudicar o bebé.

Se essas recomendações não trazer resultados positivos, consultar um especialista. Ele vai pegar drogas para ajudar a se livrar da amargura na boca grávida e não afetará o desenvolvimento eo crescimento da criança.