Dieta para mulheres grávidas


Numerosos estudos têm demonstrado que uma dieta equilibrada completa para as mulheres grávidas, afecta grandemente o crescimento fetal e um resultado favorável da gravidez. Além disso, a nutrição materna anormal afeta negativamente não só o peso, mas também o crescimento do bebê. Violações dos sistemas respiratório e circulatório é freqüentemente observado em mulheres grávidas com baixo peso corporal, por isso, as gestantes em qualquer caso, não pode assediar uma dieta rigorosa, e estar acima do peso também prejudicial. As mulheres com sobrepeso correm o risco de diabetes gestacional doente, e eles podem aumentar a pressão arterial. Além disso, a criança pode nascer muito grande.

A dieta para uma mulher grávida

Proteínas durante a gravidez

No caso dos alimentos é muito importante para as mulheres grávidas proteína, como consequência do retardo do crescimento fetal é mesmo uma ligeira deficiência de proteína. Como consequência, a criança é reduzido peso corporal, cérebro, fígado e coração.

Teor reduzido de proteínas na dieta de mulheres grávidas, devido a mudanças na composição bioquímica do sangue, aumenta consideravelmente o risco de parto prematuro, aborto espontâneo, um aumento da mortalidade perinatal, a ocorrência de anemia.

Dominação único animal ou proteína vegetal também pode levar a todos os tipos de abusos.

Fats

Quantidade insuficiente de gordura na dieta afecta o peso corporal da criança e a manutenção de certos lípidos no sangue pode causar mudanças significativas no desenvolvimento do sistema nervoso — para a falta de certos ácidos gordos poli-insaturados.

Os hidratos de carbono

Excesso de carboidratos na dieta de mulheres grávidas, especialmente de fácil digestão, aumenta a probabilidade de morte fetal. Falta também afeta negativamente o desenvolvimento fetal.

Vitaminas

Durante a gravidez, o corpo de uma mulher nunca necessário vitaminas e minerais. Antes de tudo, refere-se, tal como vitaminas B (B1) (principalmente produtos de origem animal); D. A análise mostrou que as mães que amamentam nutricionais de vitamina A, C, B1 e B2.

Dieta de mulheres grávidas

  1. As mulheres grávidas não são recomendados para comer demais. A principal coisa na dieta de gestantes — qualidade, variedade e fácil digestibilidade dos alimentos. Um erro comum para mulheres grávidas é que eles estão a tentar «comer por dois», tomar mais alimentos do que o necessário.
  2. Não mude drasticamente sua dieta no caso antes da gravidez, ele era saudável e cheio.
  3. Lembre-se que cada mulher pode ser a sua dieta indivíduo que se adapte a um, o outro pode machucar. Portanto, antes de a ouvir os conselhos diferente, consultar um especialista.
  4. Ouça seus desejos e caprichos em relação aos alimentos, talvez seja o seu corpo necessita estes ou outros útil para ele e vitaminas.
  5. A dieta durante a gravidez deve incluir todos os principais tipos de produtos, tais como produtos lácteos, carne, peixe, pão, ovos, cereais, massas, frutas, legumes, frutas.
  6. Mastigar e não para carregar antes de deitar.
  7. Coma alimentos que estimulam sistemas de propulsão intestinais: pão (centeio) e cereais, cenoura, maçã, beterraba, frutas secas, sucos.

Modo de recepção: as refeições é recomendada durante o primeiro semestre de gravidez. O primeiro pequeno-almoço deve ser de 30% das calorias diárias, o segundo 15%, o jantar — 35% e para o jantar — 20%.

Na segunda metade da gravidez é frequentemente necessário (5-6 vezes por dia), mas em pequenas porções.

É também muito importante para a distribuição dos tipos de alimentos ao longo do dia. Devido ao facto de as proteínas requerem trabalho intensivo estômago, então é melhor usar na primeira metade do dia. Por sua vez, o jantar deve ser leite e pratos de legumes.

Líquidos precisa de beber tanto quanto seu corpo requer. Mas não sobrecarregar os rins, beba pouco e muitas vezes.