O lugar da mulher na família

Instituto da Família-Construção, geralmente leva em suas fileiras todos os cantos e não. A vida em família deixa parte de nós, desde a infância até a velhice.


Afinal, a maioria de nós são geralmente primeiros aumentos na família criada por pais, em seguida, cria a sua própria, e pode em breve tornar-se parte da família ter seus bebês. Para aprender a construir relações familiares e construir clima emocional é escrito muito. É uma pena que os psicólogos experientes estes estudos raramente são aplicados na vida, na maioria dos casos, são generalizadas. Claro que, para estabelecer a vida e para criar uma atmosfera de entendimento mútuo pode ajudar os mesmos psicólogos profissionais, mas já em seus estudos e treinamentos, depois de te conhecer e entender o que você precisa em primeiro lugar. Mas, infelizmente, para a prática psicológica nosso povo não estão acostumados, e muitas vezes considera recorrer a um especialista, igual a doença mental. Talvez por isso os psicólogos são muitas vezes chamados de «encolhe».

Mas às vezes organizar os pensamentos em ordem, e enviar para o canal desejado não é suficiente como um problema familiar fica muito mais profunda do que parecia à primeira vista. Muitas vezes os problemas surgem quando o casal começa a atribuir responsabilidades, bem como para estabelecer o lugar dos homens e mulheres do lugar na família.

Estereótipos.

Todas as nossas vidas — é uma grande estereótipo de que nós confiamos no processo e cometer atos de má conduta, e geralmente estereotipar inerente à maioria das pessoas no mundo de tomada de decisão. Bem, assim que se desenvolveu ao longo dos séculos, de que nós apenas temos que contar com a opinião dos outros, de acordo com seus desejos e possibilidades. E não há nada que você pode fazer, o que ainda vivemos em uma sociedade desempenha um papel importante. Afinal, há pessoas que simplesmente não se importam com a opinião pública, eles criam suas próprias leis e ordens e para ele ao vivo. Mas, geralmente, eles são percebidos pelo público como párias. Só não pode ser ao mesmo tempo a multidão e contra a multidão. Isso é forçada a escolher.

Pensamento estereotipado particularmente expressa nas relações familiares, ou melhor, sua construção. Conduta da vida empresarial, a definição dos direitos e responsabilidades dos cônjuges, o lugar da mulher na família está mudando com uma velocidade muito baixa, às vezes não pode ajudar, mas decepcionou.

Especialmente se refere à divisão de responsabilidades entre os cônjuges. Assim, normalmente você pode observar o seguinte: a mulher — vida, o homem — ganhos nesta vida. Embora se você avaliar a monotonia de seus trabalhos de casa falta de comunicação e às vezes uma pequena intensidade de trabalho, a distribuição é diferente e quer ser chamado desigual. Além disso, se o lugar da mulher na família é limitada apenas pelas funções de cortejar seu marido — um pouco amável, mulher moderna iria concordar com tal opção.

Geralmente, as mulheres tendem a possuir-se a pôr em prática os funcionários no edifício. Afinal de contas, assim como sua mãe, avó, talvez outros parentes. Como uma criança, nós levamos isto para cuidar concedido e amor de sua mãe, mas com a idade, sabia que poderia ser completamente diferente.

A mulher — atriz.

O papel da mulher na família, tem muitas variações, ela executa com êxito. Desempenho realista de algumas cenas da vida invejada usado até mesmo a atriz mais talentosa. Mas, geralmente, tudo o que uma mulher faz, ela faz com a alma e com o coração. Sem esperar qualquer benefício para si mesmo, é claro, quando se trata de apenas a sua família.

Portanto, se sintetizar toda a família fêmea da manipulação podem ser agrupados em papéis específicos. Assim, por exemplo era originalmente uma mulher desempenha o papel de família de sua esposa, amando carinhoso e atencioso. Também assumindo passivos detidos como dona da casa. Manter a vida, cuidados, o que a casa tinha tudo o que precisava para ter em conta todas as necessidades e distribuir o orçamento familiar, como se vê, também pertence à mulher. Não se esqueça sobre as necessidades de amor e carinho do marido, de modo que durante a noite a mulher deve Stavan fervoroso amante.

Ao longo do tempo, ele começa a combinar o papel de esposa para o papel de mãe. Embora as preocupações e os problemas são geralmente o dobro da dificuldade que a mulher apenas uma alegria. Com o advento da criança e da entrada de mulheres no desempenho do papel da mãe, ela, além de que é a esposa, amante e amante, apenas tentando o papel de educador. Afinal de contas, mesmo que as crianças são criadas por ambos os pais mãe sempre de alguma forma mais perto da criança, e meu pai deixa objeto de obediência inquestionável. Mas só um pouco para educar seus filhos, eles também devem educar, desenvolver neles o desejo de conhecimento. Normalmente, os primeiros anos de vida sovey, a criança tem certeza de que sua mãe sabe tudo. Portanto, podemos dizer com segurança que a mulher também desempenha o papel de um professor. E, em seguida, fazendo todos os antigos compromissos, a mulher também deixa conselheiro, psicólogo, casa, médico, técnico, e mais tarde a sua avó.

Se você olhar para ele a partir do lado, parece que essa combinação não é possível. Mas, na verdade, olhando para a mulher comum, percebemos que ainda há um milagre.

Uma mulher deve saber o seu lugar.

Apesar de sua versatilidade na vida familiar, as mulheres são raramente permanecem subvalorizadas. E o homem se encontra a ser localizado sobre a mulher, e seu superior. Assim, a definição de um homem está sempre certo, que Zhenya não deve interferir quando os homens dizem, e que o lugar da mulher na cozinha. Embora, se você acha que os homens faria sem as mulheres?

Então, onde está realmente o lugar da mulher? Se você seguir as parábolas religiosas, o lugar da mulher não é na frente de um homem — que ela não assumir todas as dificuldades não estão atrás de homens — que não teria sido humilhado, o lugar da mulher ao lado do homem, do seu coração — que sempre sentir sua forte protecção das mãos eo amor que emana do coração. E com isso, é difícil não concordar.

Por isso, queridos mulheres tomam seu lugar de direito ao lado de seu amado marido, e não se deixe ofensa. Afinal, quem não gosta de você merece o melhor de tudo?