O tratamento da patologia cervical


Uma das questões mais prementes em ginecologia é a terapia de patologias do colo do útero. Estatísticas mostram que 15 a 50 mulheres em cem, tem havido um ginecologista, têm natureza cervical anormal diferente. Basicamente patologia identificadas são processos pré-cancerosas ou processos em segundo plano (mais de 80% de mulheres).

Doenças de fundo — são aqueles que praticamente não resultam no desenvolvimento do câncer, mas eles precisam para monitorar constantemente e tratar um especialista. Exemplos de tais doenças podem ser: erythroplakia, verrugas planas, leucoplasia, pseudo diferente gênese, pólipos.

A segunda categoria, ou seja, a pré-cancerosa, portadores de doenças que provavelmente pode ir em câncer. Tais doenças incluem, por exemplo, todos os graus de displasia.

Doenças do colo do útero secretam inflamatória separadamente e normalmente referido como infecções sexualmente transmissíveis.

Tipos de patologias

Abaixo está uma lista das doenças mais comuns que necessitam de tratamento e acompanhamento regular por um especialista:

  • Erosão cervical — danificado mucosa cervical, que enfrenta em direção à vagina. Na verdade, esta doença é muito rara. Tem a duração ao longo do tempo a erosão até duas semanas, e quando solução de problemas por motivos devidamente justificados completamente curado. Se o período da doença não foi recebido o tratamento, torna-se a erosão, que é pseudo-justamente chamado de «erosão cervical». As razões para isto pode ser a erosão desordens hormonais, inflamações, certos tipos de cirurgia intra-uterina, exposição química. Vale a pena notar que, por vezes, as mulheres têm corroído origem fisiológica, que não necessitam de tratamento e testados de forma independente.
  • Leucoplasia — uma vedação sob a forma de manchas brancas.
  • Os pólipos — crescimentos de estrutura variável sobre a superfície ou no canal da cerviz.
  • Eritroplasia — é fácil de detectar sangramento vermelho.
  • Displasia — uma doença em que a violação da maturação do epitélio.
  • As verrugas genitais — é uma espécie de manifestação do vírus do papiloma humano.

Diagnosticar patologias

Existem vários métodos básicos de diagnóstico:

  • Colposcopia. Este método envolve o exame da vagina, colo do útero e órgãos genitais com a ajuda de um dispositivo especial, o que aumenta o objecto de observação trinta vezes (colposcope).
  • Biópsia. Este método é utilizado para o diagnóstico de qualquer área necessária para aumentar mais do que ele pode fornecer um colposcope. Este método permite-lhe entregar um diagnóstico mais preciso.
  • Exame ginecológico de rotina. Este método é a inspecção visual dos órgãos e especialista na citologia. Esse exame deve ser realizado anualmente para cada mulher.

Tratamento

Para tratar eficazmente doenças especialista deve determinar a causa, que se tornou o ímpeto para o desenvolvimento da doença e, se possível, eliminar. Depois disso, o médico escolhe o tratamento mais adequado para o doente. Às vezes, o tratamento é suficiente para a terapia antiviral, para corrigir hormonal ou melhorar a função protectora do organismo (imunidade). Se um tal tratamento não é suficiente, é usado:

  • Moxibustão Solkovagina — produtos químicos que possam ser aplicados ao local da doença. É um método seguro e eficaz.
  • Velas e duchas higiênicas, ou seja, drogas.
  • Diatermokogulyatsiyu — o método de cauterização. Barato, mas pode levar a complicações, portanto, utilizados, com menor freqüência.
  • Crioterapia — tratamento com nitrogênio líquido. Usado em pseudo-erosões e displasias. É um método indolor. Cura e regeneração do tecido ocorre dentro de três meses.
  • A cirurgia a laser — uma técnica que nos permite resolver muitos problemas.
  • Método de ondas de rádio — um método moderno, seguro, eficaz; complicações após o tratamento dificilmente provoca.

Finalmente, deve-se notar que qualquer tipo de tratamento é eficaz se começa numa fase precoce da doença.