Os remédios populares para a toxicidade


Muitas mulheres grávidas sofrem desta condição como toxemia. Esta condição é causada por alterações hormonais, distúrbios metabólicos, doenças cardiovasculares. Quando intoxicação em mulheres grávidas aparecer:. Náuseas, vômitos, salivação excessiva, aversão a certos alimentos e outros tratamento é realizado por prescrição médica. Também eficazes para remédios populares toxicidade, que foram usadas durante muito tempo.

Os remédios populares usados ​​em toxicosis

Formas leves de toxicidade em mulheres grávidas pode ser tratada em casa métodos tradicionais. Deve ser lembrado que o acompanhamento pelo médico ainda é necessária. Se vômitos e náuseas provocar quaisquer certos alimentos e cheiros, então um pouco de tempo para se livrar de-los melhor. Existem produtos que podem reduzir a náusea. Por exemplo, maçã, laranja, chá verde e assim por diante. D. tentar encontrar um produto que será mais fácil para diminuir náusea.

Tente preparar a infusão de toxicidade, facilitando estado. Tomar: as raízes de chicória dos frutos, montanha de cinzas normais, flores de calêndula, atira blueberry, raiz de marshmallow — todos igualmente. Pique a mistura, despeje uma colher de sopa de equipe duas xícaras de água fervente. No banho de água quente por 10 minutos, colocar mais infusão por um par de horas. Pronto para tomar uma infusão quente, conforme necessário.

Efetivamente ele ajuda com caldo de toxemia, que é preparado como o anterior, mas com os seguintes ingredientes: hortelã-pimenta grama, terra Folhas da pessoa idosa, folhas de amora, morango, folhas de espinheiro, rosa selvagem. Tome quente.

Quando toxemia durante a gravidez, tente tomar antes de comer caldo seguinte: bagas frescas picadas Viburnum despeje água (vidro), o calor ferver em fogo baixo por um tempo, não a ferver. Você precisa usar várias vezes por dia.

Outra caldo muito bom, que deve ser bebido gelado. Para cozinhá-lo você precisa: espinheiro mar (2 colheres de sopa), quadris e hortelã aumentou. Tudo insistir Golfo de água fervente, em uma garrafa térmica para cerca de 2 horas. Depois adicione o mel e suco de limão a gosto. Tome tintura quando náuseas, entre as refeições.

Suco de abóbora também eficaz em caso de náuseas em mulheres grávidas. Beber deve ser durante o dia para alguns goles, adicionar limão e mel.

Em vez de tentar beber chá do caldo: fatias de maçãs secas, rosa mosqueta despeje água fervente. Em um banho de água quente sem ferver por 15 minutos. Esta decocção não só alivia quando intoxicação, mas gosto bastante agradável.

Outros remédios populares para as mulheres grávidas que sofrem de toxemia

Se durante toxicosis você salivando, então ele vai ajudar a reduzir a receita nos próximos Popular. Misture 2 colheres de chá de suco de limão, meia colher de chá de casca de carvalho (pó) em 200 gramas de água. A solução resultante umedecer os lábios.

Se manhã doença é acompanhada de inchaço, o chá de erva de São João e botões do pinho e suco de abóbora — uma grande ajuda com esta doença.

Com freqüentes e vômitos «indomável», os médicos, juntamente com medicação, aconselhar herbal. Por exemplo, folhas do limão — 2 partes, 2 partes de erva-cidreira, 1 parte de tomilho, 1 parte de lavanda flores — tudo isso moagem, despeje metade de um litro de água fervente. Infusão por 20 minutos. Para participar você precisa de manhã e à noite para beber meio copo. O curso de tratamento para cerca de uma semana. Pelo mesmo método de eficiência de fabricação e outros encargos. Thyme — 1 parte de 2 partes de erva-cidreira, uma parte de raiz valeriana, 3 partes de menta (hortelã), 3 partes trifoli. Próximo coleção: Melissa — 4 peças, orégano — 2, flores de camomila — 1 parte 1 parte 3 partes de lavanda e hortelã frio.

E também algumas recomendações, o tempo-testado, com toxemia gravídica. Acordar de manhã, não começar imediatamente para fora da cama. Coma um par de biscoitos ou um pouco maluco. Beba água, adicionando um pouco de vinagre de maçã e mel. Tente ficar no ar por mais tempo, ir a pé.

Os remédios populares geralmente não carregam riscos para mãe e filho, mas a consulta com um médico não será supérfluo.