Emoções em bebês


Na vida de cada sentimentos e emoções humanas desempenham um papel importante. Através de emoções criança expressa sua atitude perante a vida. As crianças expressaram emoções mais rico e mais brilhante do que os adultos que sabem como esconder seus sentimentos. Sem emoção a vida das pessoas gostaria de plantar vida. É importante não deixar que siga seu curso, para formar no desenvolvimento emocional das crianças e para formar uma idéia do mundo multi-facetado.

Emoções em bebês

Para o menino crescia, e não distrair a partir da escola, é necessário que as suas actividades eram emocional. Você pode perceber que o garoto faz o que ele está interessado. Emoções desenvolvimento de inveja sobre a natureza da comunicação, a partir do ambiente de cooperar, porque o bebê espera que você a participar nos seus assuntos. Deve estabelecer contato com a criança, para compartilhar seus interesses — é a fonte da formação dos sentidos.

Uma criança pequena está nas garras da emoção, é quieto e calmo, ele vem em gritando, chorando amargamente, mostrando preocupação. Pais observadores podem observar que em muitas situações o bebê se comporta de forma diferente — o prazer expresso na visão do rosto de minha mãe, brinquedos coloridos, ofendido e franze a testa com o tom áspero do adulto, sorrindo amado. E as manifestações emocionais, o, curioso, criança alegre e desinibida mais inteligente.

Para ganhar um sentido da criança como a sociabilidade, a compaixão, bondade, você precisa ensiná-lo a poupar brinquedo — cão, urso, boneca, em seguida, a criança será capaz de transferir esse sentimento de uma pessoa viva ou animal. Se os pais têm de mau humor, então a criança vai se sentir estado emocional adulto inequivocamente e pode começar a agir, chorar, ficar com raiva.

Ele é o exemplo da educação de adultos para expressar suas emoções. Não devemos suprimir ou ocultar seus sentimentos e gerenciá-los. Afinal de contas, as emoções fazem um homem vivo. Se uma pessoa tem um insatisfação, faz com que as emoções negativas. As emoções positivas provoca o aparecimento de um novo brinquedo ou um ente querido. Por si só, as emoções são inalterado, mudando a forma de expressão.

Há 10 emoções, para reconhecer emoções precisam de saber as suas características:

  • Interesse: estado de alerta, atenção, concentração;
  • Joy: diversão, emoção, felicidade;
  • Surpreso: Surpreendido Chocado, o medo surpresa, espanto;
  • Tristeza: desânimo, desânimo, tristeza;
  • Raiva: fúria, como raiva, raiva;
  • Aversão: desagrado, asco, repugnância;
  • Desprezo: altivez, arrogância, desprezo;
  • Medo: choque, medo, medo;
  • Vergonha: timidez, pudor;
  • Vinhos: remorso, culpa.

Abrindo a frente da criança, este mundo mutável da vida, é necessário dar-lhe uma idéia do privado e do público, do bem e do mal. Está se concentrando em comportamento humano, tais como ajudar outra pessoa e compreender, cuidar do homem fraco.

Especialmente em tempos de crise 3 anos de idade, quando a criança vem de agressão para com os outros, invejosos de outra criança na família, o desejo de manipular seus pais, os elementos de comportamento rebelde. Neste momento, a criança está mudando a atitude ao povo e atitude circundantes. Ele deve ser respeitoso e confortável com as demandas da criança e para ele, mostrar como se comportar em uma situação difícil. Bem, quando a criança está tendo um monte de emoções positivas, e quando é que se levantar para o mal, é preciso voltar nossa atenção para o bebê menos divertido. Não há proibições e boa atitude pode trazer a criança para uma experiência útil e agradável. Ajuda a criança a adquirir novas habilidades e conhecimentos.

Em todo o desenvolvimento deve proceder a partir dos interesses da criança, levando em consideração a possibilidade de que correspondem à sua idade e necessidades individuais da criança. E, em seguida, o sucesso no desenvolvimento da criança fornecidas.