A duração da relação: o marido com a amante

Qual é a natureza e duração da relação: o marido com a amante? A resposta a esta pergunta, vamos tentar hoje para saber em detalhe considerado a essência do relacionamento, que dão origem a «triângulo amoroso».


A palavra «amante» muitos homens associados com as mulheres misteriosas e sensuais que com um homem casado que se reúne em segredo de sua esposa. Na maioria das vezes, essas relações são baseadas em romance e sexo. Esta é a definição de conceitos como «amante» é o mais adequado para uma mulher que encontra-se com um homem casado. Em um relacionamento com sua amante um homem tem um sentido extremo de sexo, proibido por tais chamadas sedutoras e telefone e a capacidade de fazer algo proibido, que, por sua vez, fica bom. Mas por quanto tempo a duração do relacionamento com a amante do marido, e qual o papel que cada um destes três pessoas (esposa, marido, amante), o que inevitavelmente caiu em tal situação?

Marido, esposa e amante.

Qualquer amante, que poderia encantar o homem já casado, tem seu apelo, pelo qual um homem vivendo uma «vida dupla». Na primeira etapa da relação é a dona tem toda a potência. Afinal, ele está interessado em e foi capaz de obter um homem que durante anos viveu em matrimônio com outra mulher. Mas, apesar disso, a maior parte do seu tempo e atenção que dá ao homem uma nova mulher em sua vida, não sua esposa. E mesmo que ele passa o tempo com sua esposa — ele pode pensar sobre isso. Meu marido prefere toda sua senhora, não só no pensamento, mas também em ações. Ele dá seus dons e quer ver feliz e alegre. Vale a pena notar que, uma vez que não era bom para sua amante para esposa a esposa de um tal comportamento é muito desagradável e traz uma forte dor moral. Por isso é muito injusto se este caso tem uma duração muito longa. Mas cedo ou tarde todos os pontos acima «e» ainda tem que organizar, e se ele não faz nenhum dos participantes do «triângulo amoroso», que vai vida.

O que significa ser «na pele» de sua amante?

A fundação de tais relações, como regra, é uma mentira e engano, mas, apesar disso, o amante é sempre um olho cego para todos os acima. Mesmo não pensar sobre o fato de que um homem pode ser enganador não só sua esposa, mas também a si mesma. Essa mulher vê apenas válida, dando-lo de verdade. Mas se você processar logicamente, esta mulher também é, à sua maneira uma vítima das circunstâncias. E o homem aqui joga o papel do egoísta. By the way, a duração de tal relacionamento é o mais frequentemente uma conclusão precipitada. Isso é comprovado pelo fato de que uma porcentagem muito pequena dos homens deixa a família para sua amante. Consequentemente, essa relação e não pode esticar muito tempo, porque nem toda mulher vai fazer-se «fallback» e «esperar o tempo do mar» na esperança de que por causa de seu homem deixar sua esposa. Expectativa infinita — este é o máximo, que é a base para a relação com a amante …

O futuro de todas as três partes.

Claro, tudo pode acontecer na vida, e que uma pequena percentagem de homens que jogam suas esposas para suas amantes ainda existe. Mas, na felicidade ou tristeza, isso acontece muito raramente. A principal explicação para isso é que, com uma nova mulher para criar um homem de família à espera de um completo desconhecido, não pode ser dito sobre a lânguida, mas tem sido conhecido retrato de sua vida junto com sua esposa atual. Além disso, tendo um caso com sua amante dá oportunidade adúltero para experimentar o encanto de «relações proibidas», e, em seguida, como se costuma dizer «por que pagar mais.» Sim, e deixar sua esposa, o homem é capaz de fechar com uma nova mulher a perder toda a sua liberdade, a que aspirava por anos. Além disso, uma relação baseada no engano, nunca pode ter um final positivo. Mais cedo ou mais tarde, os constantes decepções homens a se afastar de sua afeição por sua amante, e ele vai voltar para sua família.

Bem, se um homem ainda se atrevem a um ato tão significativo em sua vida e ir para a sua amante, a duração do relacionamento entre eles chegarão a um beco sem saída. Afinal, ambos, durante algum tempo, viveu em um ambiente cheio de engano, o que significa que este facto irá determinar sua vida supostamente já casados.

Será que o marido ea esposa ou amante?

Relações lado raramente trata de casamentos. E deve ser sempre lembrado. Além disso, como um esconderijo permanente, e reuniões secretas, que também aguardam o colapso. Claro, não é de excluir que um homem em algum lugar no fundo de seu subconsciente vê o seu futuro ao lado desta mulher, mas sua lealdade para com sua esposa e família a vida ainda mais alto.

Também vale a pena mencionar que os amantes muitas vezes dão à luz a esses homens que sentem um vazio interior ou apenas cansados ​​da monotonia e quero tentar algo novo. Uma caminhada no lado e preencher o vazio dessas «conversas com outras mulheres», disse um homem, como se nada retornos sem precedentes para a família e, mais importante, tentando trazer de volta o antigo relacionamento com sua esposa. Em suma, uma amante nesta situação atua como uma ótima maneira de desanuviamento e o tempo limite, como é bem sabido, tal relação não durará por muito tempo. Depois destes chamado homem «casos de amor» continua a viver uma tranquila e mediram sua vida familiar, nem mesmo lembrar suas aventuras na esquerda.

Bem, se o «errado» não significa uma caminhada e jogar o amante, ela vai encorajá-lo a fazê-lo. E a principal razão é a pressão vai agir sobre a parte do homem que ele é um alterado e fez a sua escolha final. Um homem é conhecido, não gosto quando eles estão sob pressão ou se apressar em uma decisão. É por isso que a melhor maneira para ele «escapar do navio afundando» e evacuação rápida para um lugar mais seguro, onde ele tem sido acostumados a ver este pelo que ele é, ou seja, de volta para sua esposa. Somente sua esposa é capaz de compreender e perdoar, como se ele não foi difícil. Como se costuma dizer, que apenas não fazer para o bem-estar de sua família.

E assim parece que o quadro geral da relação zhena- marido — um amante, onde o terceiro, eo terceiro é sempre um pouco supérfluo, e, neste caso, muitas vezes é uma amante.