Psicologia adultério

Psicologia de adultério — um fenômeno surpreendente. Por um lado, a fraude é bastante comum, e alguns até mesmo algumas vezes na minha vida confrontados com este fenómeno; Por outro lado — sempre que sentir uma dor emocional muito forte, temos a sensação de que o mundo é como caindo aos pedaços e não há possibilidade de qualquer construção e cola.


Situação do sócio que mudou.

Depois de adultério uma pessoa uma sensação de forte confusão mental e dor de cabeça. Nesse estado ele pode fazer ações diferentes, ele pode começar a se vingar, para tentar entender a situação, descobrir o relacionamento. E isso é natural: todos nós queremos nos livrar da dor, logo que possível, tomar a decisão sobre a forma de viver. Na maioria das vezes, uma tal solução se torna dissolução. No entanto, psicólogos, lidar com a psicologia da traição, da paixão são aconselhados a não fazer nenhum movimento brusco. A fim de tomar uma decisão sobre o que fazer se passar muito tempo até este ponto. O homem neste momento capaz de acalmar e decisão razoável.

Porque esta não é uma situação simples pode ser uma porção de saída e uma ruptura das relações — não o único caminho. Para tomar as decisões corretas, para entender o que realmente aconteceu, em primeiro lugar, você precisa para trazer-te a um estado de espírito calmo, o que é muito difícil.

Isso pode ajudar a conversar com um psicólogo para compreender as questões da psicologia de adultério, trabalho, viagens e esportes. Depois que você vai encontrar o equilíbrio interior, tente de forma sensata e tomar um olhar sóbrio para a situação.

Existem várias razões para as alterações. Aqui estão algumas delas.

Razões para a mudança.

1. Traição — sinalizar amor extinto A psicologia da traição -. Esta é a primeira razão. Neste caso, é necessário clarificar a sua relação com o parceiro ea coragem de retirar silenciosamente a partir da relação. Talvez o seu parceiro não tem um espírito, para dizer a verdade, mas você só pode culpar por isso, não porque ele não tem amor por você.

2. Traição -. Problemas de sinal em relação a estrutura do psychology da infidelidade é a segunda razão. Se você tem quaisquer problemas no relacionamento — isso não significa que o amor se foi. Pelo contrário, essa traição indica que o seu parceiro, desta forma quer resolver o problema e devolver o amor. Por exemplo, se um homem se sente distante de sua esposa, ele pode de repente ser atraídos para o secretário. Mas a base desse desejo não é amor para sua secretária, e uma tentativa de lidar com um sentimento de frustração. Ou seja, em vez disso, afirma que sua esposa, o marido inconscientemente tentando corrigir a situação por traição. Psicólogos dizem muitas vezes que a infidelidade pode às vezes ser um estabilizador em um relacionamento. Muitas vezes as pessoas que passaram por traição, posteriormente lembrado como uma boa lição para ensiná-los a tratar o seu parceiro com atenção, com grande simpatia e compreensão, para aprender a ser generoso, mais tolerante, ajuda.

3. Traição -. Um sinal de que a pessoa tem alguns problemas internos A estrutura do psychology de infidelidade também é causa bastante comum. Tais problemas podem ser muito. Por exemplo, uma pessoa não está pronto para um relacionamento sério. Uma vez que uma pessoa percebe que um relacionamento com um parceiro já está começando a se mover para um outro nível, para mudá-lo empurra o medo interior. Ao mesmo o próprio homem sofre. Afinal, uma parte dele quer um relacionamento sério, mas um pouco de medo e empurra o homem das profundezas.

Outro problema é a insegurança interior. Homem muitas vezes aumenta a sua auto-estima um monte de relações sexuais. Assim, ele quer provar a si mesmo e ao mundo que ele ou supermuzhchina supermulher que ele — Lord of corpos e almas, e um vencedor. E uma vez que a auto-dúvida é um problema interno muito profundo que não pode ser resolvido aqui, de tal forma que a pessoa ainda está com sua insatisfação e incerteza.

Psicólogos determinar um outro problema. Este problema se associam com diferentes estereótipos nativas, ou seja, a adesão a estes estereótipos é também uma falta de confiança. Por exemplo, um estereótipo comum que um homem sempre tem uma esposa e uma amante. Ou, por exemplo, muitas vezes é dito que um certo relacionamento é fiel a um parceiro, ea fim de evitar esta dependência, as pessoas vêm com maneiras diferentes.

O que fazer?

Há outras razões, pelo menos não em todas as situações, seria sensato para responder de uma ruptura completa das relações. Afinal, se no caso de um homem impulsionado por sua traição dos problemas internos, a resolução adequada e eficiente destes problemas podem não só ajudar a restaurar as relações, mas também para tornar estas relações mais sincera e profunda, que não são ofuscados pela complexidade psicológica. Naturalmente, isto apenas pode acontecer se a relação estrada.

Talvez amar um homem que foi confrontado com o fato da mudança, ao invés de sentar e sofrem de ressentimento, emoções negativas, auto-piedade, você tentar olhar para a situação de forma diferente? Por exemplo, basta ver que nesta situação os dois afetada. Para ver que a vida é uma coisa complicada. Perceba que alguma razão é sempre uma consequência ou a razão pela qual não pode ser conhecido, ou que interpretam de maneira errada. Lembre-se, traição — é apenas um sinal, mas se compreender corretamente esse sinal, é possível não para destruir, mas para melhorar e actualizar a relação.

Finalmente, falando sobre a mudança, deve-se dizer que a mudança pode ser tanto o início e fim e que o resultado do relacionamento, mas nós temos que resolver.